O número de mortes no trânsito teve queda de 7,6% no Rio Grande do Sul em 2018, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (13) pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) gaúcho. Foram 1.612 vítimas de acidentes no ano passado, e 1.745 em 2017.

O ano passado teve 1.440 acidentes com mortes. Em 2017, foram 1.558.

Pessoas com idade de 21 a 29 anos são a maioria das vítimas – 20%. Em relação à participação, 29% eram condutores; 24%, motociclistas; e 20%, pedestres.

O Detran considera a redução resultado de medidas de educação no trânsito e fiscalização, como a Balada Segura, realizada em zona urbanas à noite, e a Viagem Segura, feita nas estradas em períodos de grande movimentação.

Ainda de acordo com o Detran, desde 2015 o governo estadual vem superando o índice de redução proposto pela Década de Ação pela Segurança no Trânsito, da Organização Mundial da Saúde (OMS).

O objetivo é reduzir em 50% o número de mortes no trânsito conforme projeção realizada a partir de dados de anos anteriores. O cálculo aponta que, em 2018, poderiam ter sido registradas no estado 3.017 vítimas.

“Não podemos comemorar porque estamos falando da perda de vidas. Porém podemos vislumbrar o resultado do nosso trabalho e de toda a sociedade na construção de um trânsito mais seguro”, afirma o diretor-geral do Detran, Paulo Roberto Kopschina.