Presos três suspeitos da morte de mulher transexual dentro de motel em Porto Alegre

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (09) três homens na Zona Sul de Porto Alegre. Eles são suspeitos da morte de uma mulher transexual dentro de um motel no bairro Ipanema no dia 23 de agosto. O alvo dos criminosos era um homem que acompanhava a vítima morta por engano. Uma das prisões ocorreu na Vila Cruzeiro, e outras duas, no bairro Cavalhada.

A investigação foi realizada pelo delegado Rodrigo Pohlmann Garcia, titular da 4ª Delegacia de Homicídios, que comandou 19 agentes durante o cumprimento de três mandados de busca e três de prisão preventiva.

Segundo ele, os três suspeitos queriam executar um homem que estava no estabelecimento comercial porque ele teria repassado informações do grupo para a polícia. Este homem tem passagem na polícia por furto e roubo de veículos.

Os investigados, pela janela do quarto do motel, atiraram várias vezes com uma pistola calibre 9 milímetros. Mas eles erraram o alvo e mataram uma mulher transexual de 22 anos, identificada como Isabella Pedrozo, nome social de Matheus Vinicius Pedrozo. Ela era natural do Paraná, residia há poucos meses em Canoas e estava acompanhando o verdadeiro alvo do grupo no dia em que houve o homicídio.

O homem não se feriu porque havia se escondido no banheiro do local durante os tiros. O nome dele não foi divulgado e, inclusive, foi encaminhado para outra localidade por questões de segurança.