Preso suspeito de estuprar enteada com deficiência intelectual em Rosário do Sul

Polícia foi chamada após mulher buscar atendimento médico. Homem foi preso em flagrante. A Polícia Civil prendeu um homem, de 35 anos, suspeito de estuprar a enteada, uma mulher de 32 anos, com deficiência intelectual, em Rosário do Sul, na Fronteira Oeste, nesta terça-feira (3).
De acordo com a Brigada Militar (BM), o Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora entrou em contato com a polícia depois que a mulher, acompanhada da mãe, buscou atendimento médico, na madrugada de terça.
No hospital, os policiais conversaram com a mãe, que disse que a filha havia sido abusada sexualmente pelo padrasto. O hospital constatou a violência sexual, segundo a polícia.
A mãe relatou que, durante à noite, o companheiro saiu do quarto que dividiam e, estranhando a demora para voltar, teria ido procurá-lo. Neste momento, viu o homem saindo do quarto da filha. Ao olhar para dentro do cômodo, viu que ela estava nua.
Em seguida, ela teria ouvido o homem saindo da casa.
A BM realizou buscas na região, mas, em um primeiro momento, não encontrou o suspeito. Quando mãe e filha voltaram para casa depois de registrar o boletim de ocorrência, perceberam que a porta da frente havia sido arrombada.
Dentro da casa, os policiais encontraram o suspeito, que reagiu à abordagem. Ele foi imobilizado, detido e encaminhado para a delegacia. Após, foi preso em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável e levado para o Presídio Estadual de Rosário do Sul.
Veja vídeos do Jornal do Almoço