Prefeito de Porto Alegre quer se antecipar e está certo

Vamos falar de segurança no dia do julgamento de Lula. O prefeito de Porto Alegre quer atuação do Exército e Força Nacional no dia 24 de janeiro. O ministro da Defesa disse não ver grande necessidade de reforço. O pedido de Nelson Marchezan Jr causou revolta por parte dos petistas. Mas basta relembrar quantas vezes meia dúzia de gatos pingados produziu violência, quebradeira etc.

Confira o comentário completo de Joice Hasselmann: