Preço dos imóveis registra terceira alta em Porto Alegre

Quando engatava um longo período de alta e recuperação, o preço médio dos imóveis residenciais à venda em Porto Alegre passou a cair na pandemia e recuou por três meses.

Isso foi até voltar a subir e, agora, engatou o terceiro mês consecutivo de alta. O Índice FipeZap de agosto de 2020 considerou 287 mil imóveis anunciados. O metro quadrado teve alta média nominal de 0,47% sobre julho.

Com isso, o acumulado de 12 meses fica em +1,74%. Ainda fica bem abaixo da inflação do período, que é de 2,39%. O metro quadrado dos imóveis residenciais anunciados na capital gaúcha está custando, em média, R$ 5.981.

O mercado imobiliário é muito sensível à demanda, que caiu no início da pandemia. No entanto, o setor tem sido um forte alvo das medidas de estímulo à economia, com facilidade de liberação de crédito e redução de juro. Tanto pelo governo federal, quanto por bancos. Em Porto Alegre, o licenciamento prioritário também agiliza projetos.

No ranking de bairros, veja onde o metro quadrado está mais caro e mais barato em Porto Alegre:

Bairros mais caros:

Três Figueiras R$ 10.971
Pedra Redonda R$ 9.142
Jardim Europa R$ 8.973
Praia de Belas R$ 8.740
Bela Vista R$ 8.198

Bairros mais baratos:

Restinga R$ 2.346
Santa Rosa de Lima R$ 2.554
Rubem Berta R$ 2.725
Pitinga R$ 3.133
Jardim Leopoldina R$ 3.188.