Um dos assaltos foi registrado em vídeo. Organização criminosa causou prejuízo de R$ 200 mil com o crime. Investigação indica que produto era revendido e dinheiro era usado para aquisição de armas de fogo e drogas.

A Polícia Civil prendeu, durante operação na manhã desta quinta-feira (1º), oito pessoas suspeitas de fazer parte de uma organização criminosa responsável por roubos de cargas de cigarro de transportadoras em quatro cidades do Rio Grande do Sul.

A polícia cumpre 78 ordens judiciais em Porto Alegre, Alvorada e São Leopoldo, além de uma cidade do interior que não teve o nome divulgado. Entre as ordens judiciais, estão 19 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva. As identidades das pessoas presas não foram divulgadas, bem como o que foi apreendido.

Uma das pessoas presas em Alvorada reagiu à abordagem policial, atirou com uma arma de fogo contra os agentes e foi baleada – ela foi encaminhada para receber atendimento médico na cidade.

A investigação policial indica que o grupo criminoso é responsável por pelo menos sete assaltos a transportadoras de cargas de cigarro que aconteceram na Região Sul de Porto Alegre entre fevereiro e abril deste ano. O prejuízo causado é de R$ 200 mil.

Um dos assaltos foi registrado em vídeo (veja acima). As imagens de uma câmera de segurança instalada no veículo de uma transportadora mostram o momento em que um funcionário é obrigado por duas pessoas a sair da parte de trás da van onde está a carga de cigarro. Em seguida, o produto é retirado do automóvel. Segundo a Polícia Civil, o produto normalmente é colocado em outro veículo e levado para um local onde ficaria armazenado até que fosse vendido.

De acordo com o delegado Eibert Moreira, responsável pela operação, a venda era feita principalmente para pequenos estabelecimentos comerciais localizados no bairro Cascata, em Porto Alegre. O dinheiro obtido era usado pela organização criminosa para aquisição de armas de fogo e drogas.

 

Deixe um comentário