Guacira Nunes voltou a desfilar depois de 20 anos por escolas de samba da Capital, Cachoeira do Sul, sua cidade natal, e Tramandaí. Passista estava internada no HPS. Causa da morte não foi informada.

A passista de samba Guacira Nunes, de 41 anos, morreu em Porto Alegre na última quarta-feira (29), internada no Hospital de Pronto Socorro (HPS). A causa da morte não foi informada por familiares.

Depois de 20 anos sem desfilar, a sambista havia retornado ao carnaval. Ela participou dos eventos da Capital, de Tramandaí e de Cachoeira do Sul, na Região Central do Rio Grande do Sul, sua cidade natal.

“Consegui sim retornar ao samba depois de 20 anos, uma mistura de muitas emoções e recordações que vinham em minha memória”, escreveu nas redes sociais no início de março.

Também nas redes sociais, a escola de samba Aldeanos, de Cachoeira do Sul, lamentou a morte da passista.

“Não há dor maior do que ter de dizer adeus aos que amamos. Nem há saudade tão eterna como aquela que nasce com o luto”, disse a escola.

Deixe um comentário