Hamilton se preocupa com Sebastian Vettel pelo fato dele estar sendo superado pelo colega de equipe, Charles Leclerc. Entretanto, está feliz pelo companheiro vencer de novo em Singapura.

Vettel passou um ano sem vencer na Formula 1, mas graças a ajuda de um pitsop, a liderança à frente de Leclerc aconteceu.

Entretanto, Leclerc parece estar em sua melhor forma desde as férias de verão, conquistando pole-positions e convertendo duas delas em vitórias, em Spa e Monza.

Enquanto Leclerc aumenta a qualidade de suas performances, Hamilton, da Mercedes, diz que entende o que Vettel passa na Ferrari.

“Eu realmente me preocupei com ele”, explica Hamilton ao Channel 4. Ele continua com:

“Eu o conheço muito bem. Fazemos parte da mesma geração e sei como é andar por aí, tendo as pessoas falando negativamente sobre você, fazendo com que as pessoas o rejeitem e sintam que o outro cara da equipe está recebendo toda a energia”.

“Conheço a agitação psicológica que você passa como piloto e atleta. Sei que Seb está passando por isso”.

“O companheiro de equipe dele está subindo. Eu conversei com pessoas que dizem ‘Seb está descartado, ele acabou’.”

“Mas agora parece que eles colocaram todos os ovos em uma cesta (na Ferrari), onde Seb costumava ser o piloto número um que eles sempre escolheriam”.

“Agora, ao que parece, é tudo Charles e eles estão apostando o futuro nele. Acho que você verá as coisas evoluírem ao longo do próximo ano, ou então isso mostrará que é esse o caso.”

Entretanto, o britânico diz ter ficado feliz com a vitória do companheiro de geração vencer em Singapura.

“Ao vê-lo conquistar essa vitória, mesmo eu não tendo vencido a corrida, ainda me senti muito bem, porque algo de bom veio para alguém que é realmente uma pessoa decente e um indivíduo super dedicado, e que não pode ser descartado”, concluiu Hamilton.