José Dirceu é operado após suspeita de câncer no rim esquerdo

O ex-ministro José Dirceu foi diagnosticado com um tumor de 2,5 cm no rim esquerdo nesta terça-feira, 8, em São Paulo. A análise preliminar de uma biópsia indicou “alta suspeita para um tumor maligno”, afirma o boletim médico divulgado pelo Hospital Sirio-Libanês, onde Dirceu foi examinado. Ele foi submetido a uma ablação percutânea (destruição tecidual) do tumor guiada por tomografia, o equivalente a um tratamento cirúrgico, afirma o boletim médico.

A técnica é minimamente invasiva e curativa, segundo o hospital, e foi realizada pelo médico radiologista-intervencionista Públio César Cavalcante Viana. De acordo com o boletim, a intervenção foi um sucesso e a previsão que ele tenha alta nesta quarta-feira, 9. Os médicos Raul Cutait, Miguel Srougi e Protássio Lemos estão fazendo o acompanhamento.

Leia a íntegra do boletim médico:

O paciente José Dirceu de Oliveira e Silva deu entrada hoje, dia 8, pela manhã, com diagnóstico de um pequeno tumor de 2,5 cm em seu rim esquerdo.

A opção de tratamento escolhida foi uma ablação percutânea do tumor, que significa a “destruição tecidual” guiada por tomografia. Este procedimento é equivalente ao tratamento cirúrgico. A técnica, minimamente invasiva e curativa, foi realizada pelo Dr. Públio Cesar Cavalcante Viana, radiologista intervencionista da instituição.

Durante o procedimento também foi realizada a biópsia do tumor e a análise preliminar do material, indicou alta suspeita para um tumor maligno do rim.

A intervenção foi realizada com sucesso e a previsão de alta é amanhã, dia 9. O paciente está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. Raul Cutait, Prof. Dr. Miguel Srougi e Dr. Protassio Lemos.”

* Com Estadão Conteúdo