Jaime Marcelo, dono da ‘Focus 23’, ex-gestora do Mogi-Mirim, em podcast, detonou a Federação Paulista de Futebol, que estaria passando pano para cartolas que prejudicam os clubes.

Como exemplo, foram citados Luiz Henrique Oliveira, atual gestor do clube, tratado como ‘bandido’ e ‘batedor de carteira’, e o ex-jogador Rivaldo, chamado de ‘lixo’, ambos, há tempos, acusados de diversas irregularidades.

“Foram os caras que afundaram o Mogi-Mirim”, disse Marcelo.

A solução, segundo o empresário, seria a implementação, no lugar das Federações, de Ligas de Futebol.

Deixe um comentário