Concluída obra de instalação de barreiras no corredor da Protásio Alves

Por Redação O Sul | 12 de agosto de 2020

A prefeitura concluiu nesta quarta-feira (12) a obra de instalação de barreiras de proteção de concreto no corredor de ônibus da avenida Protásio Alves. Seis estações com uma média de 250 metros cada, totalizando 1.635 metros de extensão, receberam 814 barreiras do tipo new jersey no trecho entre o HCPA (Hospital de Clínicas de Porto Alegre) e o colégio Santa Inês.

As estações do Hospital de Clínicas, colégios Americano e Israelita, Vicente da Fontoura, João Abott e colégio Santa Inês receberam barreiras de concreto de alta resistência a colisões, que têm como principal função a separação dos corredores de ônibus do fluxo de tráfego. “Trata-se de mais uma entrega importante para a mobilidade da Capital, sobretudo na garantia de maior segurança no trânsito e nas estações do corredor”, destaca o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Marcelo Gazen.

A obra foi iniciada em 2019 e paralisada por dificuldades jurídicas e administrativas da empresa executora. Mesmo com a pandemia, as intervenções foram reiniciadas e mantidas, por determinação da prefeitura, assim como as demais obras públicas com recursos já garantidos. Para execução da obra foram investidos cerca de R$ 979 mil, provenientes de financiamento da Caixa, do Banrisul e da Smim.

Print Friendly, PDF & Email