Comércio retoma atividades nesta quarta-feira em Porto Alegre

Após decreto publicado pela prefeitura de Porto Alegre, parte do comércio não essencial retoma as atividades nesta quarta-feira (12) na cidade. A partir das 10h, os estabelecimentos podem voltar a operar, seguindo restrições previstas pelo Executivo na tentativa de, mesmo com a flexibilização, conter a disseminação do coronavírus.

Entre as medidas, estão regras de higienização, restrição de capacidade e distanciamento. Além disso, as lojas de rua, shoppings e centros comerciais de serviços não essenciais precisam respeitar o horário de fechamento: às 17h. O número de trabalhadores também fica limitado a 25% do total. O objetivo é diminuir aglomerações e reduzir o número de pessoas nas ruas.

As lojas não essenciais só poderão funcionar de quarta a sexta-feira. O secretário extraordinário de Enfrentamento ao Coronavírus em Porto Alegre, Bruno Miragem, afirmou, no entanto, que o desejo da prefeitura é autorizar o funcionamento do comércio não essencial em cinco dias úteis (de segunda a sexta).

Atualmente, o governo do Estado permite a abertura em até quatro dias na semana, sem especificar quais. As normas do decreto têm validade até o próximo domingo (16), enquanto o município busca alinhar novas medidas para a Capital junto ao governo do Estado.

Outras atividades

Após a publicação do texto, restaurantes, academias, salões de beleza, barbearias e até de igrejas e cultos voltaram a ativa já na terça-feira (11).

Na área da indústria, a prefeitura projeta que cerca de 32 mil funcionários voltem ao trabalho com a flexibilização. A estimativa considera o número de vínculos empregatícios com os nove mil cadastros de pessoa jurídica do setor – a quantidade de profissionais que vão retomar o trabalho, porém, dependerá da logística adotada por cada empresa.