Iniciativa faz parte de campanha pelo diagnóstico precoce da doença e lembra cavalo que visita pacientes em hospitais, na França.

Cavalo alegra crianças do Instituto do Câncer — Foto: Divulgação/ABCCC
Cavalo alegra crianças do Instituto do Câncer — Foto: Divulgação/ABCCC

A Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) decidiu participar da campanha pelo diagnóstico precoce do câncer em crianças. Para isso, diversas ações estão sendo organizadas para as finais do Freio de Ouro, que acontecem em Esteio, até setembro. Ginetes, por exemplo, usarão braçadeiras e coletes alertando para a importância desse diagnóstico.

Mas a principal iniciativa aconteceu na sexta-feira, quando um cavalo foi levado ao Instituto do Câncer Infantil, em Porto Alegre, para alegrar as crianças. O presente dado aos pequenos faz lembrar um cavalo francês, o Peyo, em Dijon, conhecido no mundo todo por visitar pacientes em hospitais. Ele tem a sensibilidade de entrar nos quartos onde estão os doentes mais graves.

A ABCCC está de parabéns. Sempre achei que a entidade poderia intensificar sua participação em ações sociais e aproveitar seu poder de mobilização e até financeiro para ajudar quem precisa. O atual presidente Francisco Fleck teve essa sensibilidade. Outra baita ideia foi a “Inclusão de Ouro”, que busca dar oportunidade a portadores de necessidades especiais nas provas da raça.