Internado desde a última quinta (18), Padilha passou bem desde a alta do Centro de Terapia Intensiva, nesta terça, segundo informa nota do Moinhos de Vento. Ele se recupera de procedimento neurocirúrgico.

Eliseu Padilha transmite o cargo de ministro-chefe da Casa Civil para Onyx Lorenzoni, durante a posse dos ministros do presidente Jair Bolsonaro — Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Eliseu Padilha transmite o cargo de ministro-chefe da Casa Civil para Onyx Lorenzoni, durante a posse dos ministros do presidente Jair Bolsonaro — Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Após sofrer uma hemorragia cerebral superficial e passar por cirurgia, o ex-ministro Eliseu Padilha, de 73 anos, se recupera nesta quarta-feira (24) em um quarto da unidade de internação do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre. A informação foi divulgada no mesmo dia em nota pela instituição.

Internado desde a última quinta-feira (18), Padilha teve alta do Centro de Terapia Intensiva (CTI) nesta terça (23), e está em estado estável. Ele se recupera de procedimento neurocirúrgico.

“O paciente encontra-se estável, sem sinais neurológicos alterados e movimentando-se fora do leito, sob supervisão. Passou bem desde a alta do CTI”, diz trecho da nota.

Advogado, empresário, Padilha era o ministro-chefe da Casa Civil do governo de Michel Temer. Foi deputado federal pelo PMDB – atual MDB – e também chefiou as pastas da Aviação Civil, da gestão de Dilma Rousseff, e dos Transportes, na administração de Fernando Henrique Cardoso.

Atualmente, é vice-presidente do MDB e da Fundação Ulysses Guimarães.