Capital gaúcha atualiza números sobre Covid-19 por divergências com dados do Ministério da Saúde

Por Redação O Sul | 19 de agosto de 2020

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde ) enviou ofício à Justiça Estadual e SES-RS (Secretaria Estadual de Saúde) informando que fará, nesta quarta-feira, 19, um grande bloco de atualização de casos confirmados de Covid-19 em Porto Alegre. A medida ocorre pela discrepância dos dados informados pelo Sistema do Ministério da Saúde (e-SUS Notifica) diante das informações enviadas pelo Município. Após reanálise das bases de notificação de casos suspeitos e confirmados, a equipe técnica da SMS verificou um número de casos significativamente superior ao citado até então.

Os dados encaminhados ao Ministério da Saúde não estão sendo identificados e publicados pelo e-SUS Notifica. Até que seja apresentada solução definitiva, a SMS seguirá informando, diariamente, o total de casos apurados no levantamento local consolidado das três bases de dados. A SMS reforça que a divulgação de dados de interesse à saúde pública é de responsabilidade de cada ente federado.

A SES-RS estabelece o e-SUS como sistema compulsório para registro de notificações no Estado. Por este motivo, a SMS integrou os sistemas municipal (Gercon) e federal (e-SUS Notifica). Esta ferramenta foi estabilizada e concluída em 17 de julho. No entanto, a SMS identificou e reportou ao Ministério da Saúde, em 22 e 24 de julho, divergências entre dados enviados ao sistema integrado e dados registrados no e-SUS. O fato gerou reenvio e reprocessamento de arquivos de dados para correção na semana seguinte.

No dia 10 de agosto, a SMS retomou a análise individual para envio de número de casos e observou novamente divergências relevantes. A equipe técnica realizou estudo amostral detalhado da geração do arquivo de dados, enviando e recebendo resposta do sistema integrado. A análise foi remetida ao Ministério da Saúde na última segunda-feira. Embora o sistema tenha acusado “sucesso” na importação dos dados encaminhados, eles não foram observados efetivamente nas bases do Ministério.

Print Friendly, PDF & Email