Polícia realiza operação contra quadrilha que retirava veículos de depósitos do Detran-RS

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta sexta-feira (24), a quarta fase da Operação Impostore com o objetivo de combater uma organização criminosa responsável pela retirada fraudulenta de veículos de CRDs (Centros de Remoção e Depósito) do Detran-RS (Departamento Estadual de Trânsito do RS).

A operação ocorreu em Porto Alegre, Cachoeirinha, Sapucaia do Sul, Novo Hamburgo e Imbé. Foram cumpridos 17 mandados de busca e apreensão. Um indivíduo foi preso em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. Os agentes apreenderam uma pistola com numeração raspada, documentos, mídias, celulares, entre outros objetos.

O grupo criminoso era especializado em falsificações, estelionatos, falsidade ideológica e receptação, tendo como mote principal a retirada fraudulenta de veículos sequestrados judicialmente em operações da Polícia Civil. A quadrilha, que falsificava as assinaturas de delegados, movimentou cerca de R$ 2 milhões nos últimos dois anos, segundo as investigações. O bando também vendia armas de fogo.

Nas outras três fases da operação, que ocorreram entre abril de 2019 e fevereiro deste ano, cinco pessoas foram presas temporariamente.