Bolsonaro e Mourão participam de cerimônia militar de troca de comando no RS

O presidente Jair Bolsonaro participou nesta quinta-feira (30) de solenidade de passagem do Comando Militar do Sul (CMS), em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. O vice-presidente Hamilton Mourão, ex-comandante da região, também esteve na cerimônia militar. Bolsonaro não realizou pronunciamento durante o evento.

O general de Exército Geraldo Antonio Miotto deixou o cargo de comandante, e quem assumiu o lugar foio general de Exército Valério Stumpf Trindade.

“Um deixa a ativa e o outro assume o comando do CMS, onde há importante concentração e militares. Militares esses que sempre estiverem à disposição da democracia e da liberdade”, afirmou Bolsonaro, em entrevista antes do evento. O presidente destacou que “as Forças Armadas sempre estiverem à disposição da população brasileira, para que a paz e a ordem sempre reinassem”

Miotto estava à frente do comando desde março de 2018 e agora vai para a reserva. Segundo Bolsonaro, o general tem espaço em seu governo. “O Miotto é uma pessoa que sabe que tem espaço no governo, desde que seja a sua vontade. Obviamente, a intenção não é convidá-lo para isso, mas ele sabe que tem (possibilidade) de convidá-lo dado a relação de amizade que nós temos”, disse.

Também compareceram ao evento o ministro da Defesa, Fernando Azevedo; o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; o general Edson Leal Pujol; e o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB).

Agenda

Antes do evento, a agenda de Bolsonaro incluiu visita ao Centro de Operação de Combate ao Covid-19 do Comando. Após o retorno à capital federal, previsto para as 15h30, Bolsonaro recebe no Palácio da Alvorada os ministros Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, e Jorge Oliveira, da Secretaria-Geral da Presidência.

*Com informações do Estadão Conteúdo